MARANATA: da fé à fraude

O Senhor revelou a muitos dos Seus aquilo que estava acontecendo dentro da ICM.
O BASTA do Senhor chegou e o ninho está completamente exposto para espanto de muitos que fizeram dele sua morada segura, mas tb para certeza de outros que confirmaram mais uma vez que bom é esperar no Senhor, e nEle habitar em segurança, pq estes já sabiam sobre a sujeira do ninho.

Não adianta eles tentarem tapar o sol com a peneirinha.

Nada mais segura a verdade.

A reportagem feita sobre os roubos da Igreja Cristã (?) Maranata – “Maranata: da fé à fraude” – Vilmara Fernandes e Letícia Cardoso – destacou-se no quesito jornalismo impresso recebendo prêmio no 18º Prêmio Capixaba de Jornalismo.

É a “obra” dando o que falar mais uma vez… na contramão do cristianismo. Triste!

Parabéns à Rede Gazeta! Esta reportagem foi realmente muito elucidativa!

Link da reportagem premiada comentada em video .

Os jornais foram comprados em massa nas bancas pelos interessados em manter os membros na ignorância dos fatos para que estes não comprassem os jornais…

Pena que não adiantou, né “interessados”? A notícia se espalhou aos 4 cantos, e de tão bem feita que foi, a reportagem rendeu prêmios aos repórteres da Gazeta.

Pena que ainda há muitos que estão inocentes no “ninho” que acreditam que isto é o “inimigo” se levantando contra a “obra”.

Enviado em 23/08/2012 as 21:19 por Maria (CV de saias)

.

.

Como acontece no divisor de águas, estamos diante de dois processos nitidamente irreversíveis.

1. a implosão dos gedeltismo com apurações judiciais de consequências graves

2. a evasão dos retirantes, apesar das calúnias, feridas, maldições e perseguições. O chefe icemita instiga o ódio religioso.

Havíamos avisado: a iniquidade transborda e o Juízo vem! Sofremos!

Não houve arrependimento e a resposta ai está: a Sociedade quer a apuração .

O maranatismo prometeu valentes e pariu bobos da corte, donos de bancas de negócios, Judas, meias-solas e mercenários.

O palácio da rainha desfigurada ESTÁ IMPLODIDO e as paredes continuam manchadas com os vômitos dos Judas nos banquetes de ladrões.

Se alguém quis servir – mesmo – ao Senhor, foi impedido. Discriminado!

Sei de algo que IMPLODIU o palácio da rainha desfigurada: se os que dominam este rebanho perderam a vergonha e proclamam: TÁ TUDO CERTO!!!, aqueles que os obedecem perderam o respeito por si mesmos.

CV.