Agradando aos homens e desacatando as Escrituras

NÃO SOU FANÁTICO!

115

Certo irmão Natanael, com 30 anos de OBRA (expressão dele), começou a despertar para realidade e deixou o entendimento que tem. Desta postagem nasceu um artigo e diversos irmãos participaram com postagens, claro, atentos ao alvo do SITE e dentro do contexto de liberdade de expressão.

Como evidência da formatação a que o indivíduo está sujeito, sempre que lhe for tolhida a liberdade de pensar, defendemos a opinião de que a ardilosa linguagem do não-pensamento cria imagens mentais e facilita o falso profetismo. Considerando a constância desdes esquemas de profetadas e revelagens, Natanael está certo ao afirmar: “muita coisa está errada nesta igreja.”

Em 12.12.2011 certa postagem apareceu no espaço disponibilizado do artigo A CONSPIRAÇÃO. Importante lembrar que a postagem mostra o que se passa no coração de seu autor. O original ainda está disponível e aqui o texto (entre aspas):

 “Não creio que meu comentário será efetivamente aceito e exposto neste blog, contudo vou faze-lo assim mesmo. Pertenço à ICM há exatos 31 anos. Presicenciei fatos de todos os tipos, inclusive até de passivel de chamar a polícia, contudo, até hoje eu só conheço pessoas CAIDAS que conseguem falar mal da OBRA. More >

É O QUE FALTAVA: O VOTO DE CABRESTO!

75

A noite já chegou para os icemitas.

Anotei em 10.05.2010 neste Blog no artigo com esse título.

Apesar de antigos protestos até hoje o chefe muito religioso da ICM-PES nega o regimento interno nesta denominação eclesiástica.

Autodefesa, avareza e dissimulação. Com essa trilogia do mal o desastre era previsível. Denunciávamos: balcões de negócios, comissões distribuídas, corporativismo, cumplicidade, enriquecimento de alguns da elite, estelionatos… e nada de transparência nos contratos de seguros. Milhões!

(more…)

A falsa unção gera morte!

130

C. Portinari – O Massacre dos Inocentes

A elite da ICM-PES apresenta certa doutrina revelada cercada de mistérios da Obra. Coisa anti-bíblica, dissimulada, esquisita e ao gosto do humor do chefe muito religioso que apascenta o rebanho com força mandatória, pseudocarismática e quadragenária. Absolutismo!

As frases introjetadas na mente dos crentes icemitas, impedem o ato de agir biblicamente e com liberdade.

Biblicamente pensando, designar alguém para estar à frente da igreja é algo a ser pensado e repensado. Neste contexto o ensino do Novo Testamento é saliente. Vivo! O que fazer diante da cumplicidade com as fraudes? O que fazer diante das ofensas às Escrituras? O que fazer com os ladrões do templo? Ordens eclesiásticas erradas devem ser obedecidas?

(more…)

Não quero ler este livro…

12

  Comigo acontece o seguinte: a aquisição de determinado livro exige interesse e reflexão. Deste modo, a força do hábito me leva a discernir; e discernindo escolho grãos maduros. Isto é joeirar o trigo à luz do sol. Não posso desperdiçar tempo…

Considerando que não compro livro pela capa, certos momentos do exemplar em minhas mãos logo me despertam atenção: conclusão, glossário (se tem), índice, introdução e o prefácio (não necessariamente nesta ordem). Com olhos de bom ver, nos três primeiros e em linhas gerais noto o intento do autor.

Em seguida dedico atenção ao prefácio. Isto, devido ao fato de que aquele que prefacia deve entender da obra. (Claro, a menos que queira usar de influência, qualquer que seja, com a finalidade de fomentar lucros. Mas, por assim dizer, isto é apresentação desonesta e o leitor ficará ciente.)

(more…)

O Começo do Fim

83

A elite da ICM-PES deveria enfrentar profunda revisão em sua doutrina revelada. O mais rápido possível. Por exemplo, Nesta hora de clamor considerado louvor revelado pela Comissão Executiva, nos apresenta duas heresias, pelo menos: o clamor pelo sangue de Jesus e a dupla glorificação ao Espírito Santo.

Alguns comentários aparecem em Comunidades de membros e ex-membros da ICM-PES. Com amparo na livre expressão do pensamento eles denunciaram blasfêmia, heresia e o mito.

Como os icemitas de carteirinha costumam discriminar aqueles que abriram os olhos e romperam com o sistema, alguns deles dirão: artigo de caídos, diabólicos, heréticos, malditos, malignos, perniciosos, prontos para o fogo do inferno, profanadores, sem religião e sem temor a Deus. Estou acostumado com esse tipo de tratamento…

(more…)

Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Final

5

Esta é a última parte da série “Agradando aos homens e desacatando as Escrituras”. Acesse aqui: Parte I, Parte II,Parte III, Parte IV, Parte V e Parte VI.

Sétimo Capítulo

O golpe final! Calou-se o Benício, avisado e bem avisado. E nada mais disse, nem lhe foi perguntado. E não admitiu o medo de confrontar o erro em que está mergulhado. E não era pra menos! Onde os argumentos?

Quando queria demonstrar o impossível dava murros na ponta das espadas, ou melhor, dava murros nos gritos de dor de sua consciência extremamente perturbada com o Testemunho da Verdade. Querendo falar alguma coisa, ambigüidades e jargões jorravam de sua alma enquanto piscava e repiscava os olhos…

(more…)

Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Parte VI

2

Esta é a sexta parte da série “Agradando aos homens e desacatando as Escrituras”. Acesse aqui: Parte I, Parte II,Parte III, Parte IV e Parte V.

Sexto Capítulo

Benício empalideceu. A consciência lhe diz que ele dá golpes no ar; mas a posição que ocupa sobre os demais no seu campo de influência o envaidece.

Certamente, o poder corrompe, especialmente o poder religioso.  Afinal de contas,  depois de convenientemente formatado por haver absorvido a Obra,  e agradando a uns e a outros da elite icemita, Benício conseguiu a cobiçada e orgulhosa posição de representante do presbitério.

(more…)

Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Parte V

0

Esta é a quinta parte da série “Agradando aos homens e desacatando as Escrituras”. Acesse aqui: Parte I, Parte II,Parte III e Parte IV.

Quinto Capítulo

A HERESIA ICEMITA a ninguém dá esperança nem segurança. Carlos e Marcelo, firmados nas Escrituras, insistem com firmeza, paciência e sabedoria em mostrar ao beato Benício o erro da doutrina revelada propalada pelo mestre-primaz que dogmatiza: o anjo joga o fogo do altar – símbolo do Espírito Santo – sobre a cabeça dos homens para que recebam com alegria as intervenções de Deus. Cercado no confronto Benício disfarça com diversos jargões e resiste. 

Infelizmente, a formatação deste servo da Obra não lhe permite conhecer a grandeza do Evangelho. Portanto, a Verdade ainda não consegue espaço para arrependimento e boas obras da salvação.

(more…)

Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Parte III

4

Esta é a terceira parte da série “Agradando aos homens e desacatando as Escrituras”. Acesse aqui: Parte I e Parte II.

Terceiro Capítulo

A antiga promessa do derramar do Espírito Santo (Jo. 1.32-33; Lc. 24.49) foi confirmada no Pentecostes (At. 1.5,8; 2.1-4) e em outras ocasiões (At. 10.44-48; 19.6), como está escrito (At. 2.39):

“Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar.”

Esta promessa foi confirmada conforme o modelo do Novo Testamento a exemplo do que aconteceu em Éfeso: Paulo expôs as Escrituras, impôs as mãos sobre aqueles homens piedosos e falavam em línguas e profetizavam.

Nada de bibliomancia e clamor inconseqüente: erro em cima de erro. Mas os icemitas continuam errando…

(more…)

Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Parte I

26

Introdução

“Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas.”

Beatos facilmente enganados confiam em cegos que guiam cegos. Denuncio erros de graves resultados. Este artigo confronta a bibliomancia e o clamor pelo sangue de Jesus para confirmação de falso batismo com o Espírito Santo. Erro em cima de erro. Nos Seminários da ICM-PES existem flagrantes de desacato ao que Deus disse, do jeito que Ele disse. Provamos o que dizemos como o falso profetismo nos chamados cultos proféticos.

(more…)

A Linguagem do Não-pensamento

95
   “Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho.” (2 Jo. 1.9)  

A ilusão funciona. E como!

A linguagem é uma das formas do pensamento. Ela comunica a alma, aquilo de dentro. Erudita, familiar, infantil, jurídica, política, religiosa etc., ela comunica desejos, emoções, expressões, idéias de grupos ou de pessoas.

A linguagem possui o seu palavreado próprio, ou seja, o seu vocabulário. E, se a linguagem é expressão do pensamento, quando os líderes religiosos fogem das Escrituras Sagradas, não mais conseguem coerência com a Revelação Proposicional. Andam em círculos, elaboram falácias, incoerências e filosofias vãs.

(more…)

Go to Top