A História como compreensão e que nos faz pensar…

Amados,

Quero relatar um sonho que tive dias atrás, o qual achei bem interessante. Detalhe que dificilmente lembro dos meus sonhos e quanto a profecias sempre fui usada pelo Senhor de outra forma. O sonho é simples:

“Sonhei com um plug (esses de ligar o telefone) e uma mão puxava desse plug uma espécie de filme, onde continha toda a história da icm. Via claramente que só podia tomar conhecimento dos fatos, quem efetivamente plugava aquele fio”.

Logo que acordei (estava na casa de parentes) na hora do café resolvi falar sobre o sonho. Dois da casa são do sistema e com o relato do sonho, acabou dando uma grande confusão.

Logo meu esposo falou comigo: Creio que O Senhor está alertando que somente aqueles que quiserem saber a verdade é que “plugarão” e não adianta a gente estar falando aleatoriamente. Realmente, com a reação que tiveram, pude entender dessa forma também.

É amados, a batalha é grande é árdua, mas a vitória virá! A paz

Cristalina.

Em 06/01/2013 as 22:42 no artigo Sonhos – quando ver o que outros nada percebem…

 

A História como compreensão e que nos faz pesar…

A história da ICM-PES está sendo escrita a cada dia desse 44 anos e os fatos  do momento mostram-se nebulosos.

A necessidade humana de refletir começa a formular a História como o desejo de compreender acontecimentos, doutrinas, fatos, ideologias, origem e a verdade das instituições, governos, quem ou qual acontecimento as estabeleceu.

Alguém consegue imaginar cerca de 30.000 documentos “puxados” dos escaninhos do palácio da rainha desfigurada e apresentados às autoridades?

Alguém consegue imaginar outro monte “puxado” nas operações policiais efetivadas, nos depoimentos prestados, no procedimento do Ministério Público que deu origem ao Inquérito Criminal que levou a efeito os bloqueios pessoais de 12 membros da cúpula da ICM-PES?

Alguém consegue imaginar a formação da prova nas diferentes linhas de investigações e o que resultará no curso dos processos criminais nas esferas estaduais e federais?

Alguém consegue imaginar as sentenças que virão sobre cada um desses que dilapidaram o patrimônio da igreja nos enganaram tanto tempo? Redigirão agravos e outros recursos aos egrégios tribunais… e essa década promete surpresas…

Apenas começamos a puxar o “plug” da banda podre da cúpula da Maranata. As cortinas de fumaça não conseguiriam esconder… insistiram em meias-verdades e pensavam que continuariam nas sombras mas  deixaram rastros….

Ah! Esses deusinhos moribundos. Como caem o monarca e seus vale(n)tes!

Autodefensivos, avarentos e dissimuladores esses maus pastores brincaram de Deus, mostraram as “marcas do passado” (esta expressão mutilou a milhares) e trazem dentro de si uma necessidade inconsciente e perturbadora de se fazerem punir.

BASTA! É o grito que ecoa de nossa parte, já que lhes faltou o basta do pai e da mãe; e agora eles mesmos querem um tipo de basta que os impeça do cometimento de mais crimes.

Dentro de si mesmos – como todo transgressor da Lei – eles carregam essa necessidade inconsciente de se fazerem punir. Deram muiiiiiitos pontos sem nós, e não adianta o autodefensivo, avarento e dissimulador-mor dizer que de nada sabia… Mentira!!!

Doze deles já estão condenados de antemão. Nos banquetes de ladrões quem preside é Mamom. Em seu peito o mais mentiroso dos mercenários repousa. Procura repouso. Que ceia!!!

É começar a puxar o filme da ICM-PES e a banda podre dos maus pastores começa a aparecer. Documentado! Mas o que resta de calúnias, maldições e perseguiçoes no Dia do Juízo será apurado.

Estávamos inquirindo, para conhecer a história da ICM-PES contaminada pelo gedeltismo monárquico, pseudocarismático e quadragenário. O dominador do rebanho pensava estar acima do Bem e do Mal. O Rolo Compressor de 2007 exibiu a face do anticrito. O suceder dos fatos era o que desejávamos historiar e eles começam a formar esse gigantismo implodido, monstruoso, moribundo. Que vergonha!

Judas estava condenado a ponto de retornar ao templo e ali jogar as 30 moedas de prata, preço da traição. Medonha a perturbação que não conseguia arrependimento e o empurrou para a forca. “Já está posto o machado à raiz das árvores.” . http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/11/ja-esta-posto-o-machado-a-raiz-das-arvores/ .

Lembrando a maneira esnobe e preconceituosa com que falam dos púlpitos: meias-solas (Gedelti) e unhas encravadas (Amadeu). E agora? Não são eles? Nessa fábrica de meias-solas remendados a verdade ficou com vergonha e fugiu.

Mesmo diante das ameaças de processo, campanhas de calúnias, difamações, injúrias, perseguições e aquele blog construído por um meia-sola para nos ofender em nome do ge(deus)obra; nem por isso deixamos de anunciar a graça de Deus e denunciar apostasia, crimes (em tese), fraudes, heresias, instigação do ódio, meias-verdades, mitos, profetadas, preconceitos, revelagens e sequência de tsunamis

Neste contexto dos fatos Gedelti construiu esse eclesiasticismo pseudocarismático que ai se vê: um gigantismo heterodoxo absolutamente contrário ao ensino do Novo Testamento, impondo depósitos de dízimos on-line, hierarquia inquestionável, medo e patrimônio único sob absoluto controle do dono no palácio da rainha desfigurada. Gedelti impediu a formação teológica regular, inventou um teologismo na base de “ossorrevelô” que consiste em EMPULHAÇÃO e manipulou os meias-solas, como protesto no artigo voto de cabresto.

O chefe religioso construiu heresias e cada assessor mancomunado com os profetiticas de plantão diz jubiloso: falei conforme ossorrevelô!

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/09/a-obra-construindo-heresias/ .

O meu olhar é que a maioria dos membros desta denominação cambaleia em dúvidas cruéis, guerreando contra suas consciências intoxicadas de erros, falácias e meias verdades; não conseguindo despertar do estupor do falso profetismo que mantém o poder camaleônico (acessando este artigo e clicando no primeiro link deste artigo V. lê fatos da história da origem da ICM-PES).

. http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/01/agradando-aos-homens-e-desacatando-as-escrituras-parte-i/ . http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/04/poder-camaleonico/ .

O Ministério Público (e outros Órgãos) entraram por essas picadas e chegaram à beira do poço de iniquidades maior que se possa imaginar. Não tem fundo.

Por oportuno, eu me reporto à Retrospectiva 2012: 780 testemunhos sobre avareza, dissimulações, heresias, discriminação, preconceitos e crimes dda banda podebre de uma instituição que se diz ser uma igreja cristã

Portanto, esse gigantismo chamado OBRA, grande e herético o bastante para dar e prometer tudo o que você quer em termos de entretenimento, falsa espiritualidade, falso evangelho, falso profetismo, fantasias, fuga a responsabilidade, maranatês, massagens de ego, preconceitos religiosos e promessas que não se cumprem; é uma igreja grande o bastante para tirar de você tudo o que você pensa que tem.

Por consequência, a Sociedade quer resposta e quem é prudente se desvia do mal.

Que filme! Os retirantes enchem as estradas…

Quando alguém começa a compreender a história da ICM-PES implodida, fica com vergonha de haver participado desse construto monárquico e pseudocarismático.

Que “Obra Maravilhosa”, hein Gedelti?!

Se alguem quer conhecer a História, aqui estão 170 (cento e setenta) artigos diostribuidos em 21 (vinte euma) categorias com 7.000 (sete mil) postagens… Livros!

Sei de algo que enrubece a face dos homens honestos e das mulheres sinceras de coração: se aqueles que dominam o rebanho de Deus perderam a vergonha, aqueles que os obedecem perderamo respeito por si mesmos.

CV.

  • Resolva a seguinte pergunta para envio *

    You may use these HTML tags: <a> <abbr> <acronym> <b> <blockquote> <cite> <code> <del> <em> <i> <q> <s> <strike> <strong>

  • Comment Feed for this Post