A arte dos maus pastores – BOICOTE!!!

Na manhã de hoje,

Em menos de um minuto apareceram postagens de patrick, patriquesam, raphael, andreafelixf em artigos diferentes. Em cada espaço o mesmo texto. Haja paciência!!! Levando-se em conta a CREDIBILIDADE DO SITE, já reconhecida na mídia, foram arquivadas, deletadas e devidamente respondidas. Confiram I e II

Infelizmente, não é de hoje que o autor dos artigos do Blog do Cavaleiro Veloz é alvo de calúnias, difamações, injúrias e maldições (mantenho arquivo), em boa parte publicadas e respondidas.

Mais de 1.000 (mil) dias de DENÚNCIAS neste Blog do Cavaleiro Veloz e, na manhã de 5.02.2012, eis a matéria Maranata: da fé à fraude estremecendo as bases da instituição religiosa. Espanto na Sociedade! O Ministério Público percebeu…

Muitos indivíduos entram em PÂNICO quando a mídia publica matéria que DENUNCIA os crimes (em tese) dos religiosos (espíritas, padres, pastores, papas etc.).

Neste passo, foram publicadas na imprensa em geral casos de pedofilia na Igreja Católica Apostólica Romana (aqui no Brasil e no exterior); corrupção na elite da Universal do Reino de Deus, na Igreja Mundial do Poder de Deus, na Renascer em Cristo e até enriquecimento de líderes religiosos. O que acontece na Igreja Maranata, por culpa da elite governante, não faria exceção. O Blog não poderia deixar de manifestar apoio ao jornalismo de A GAZETA.

O Espírito de Cristo Jesus inspirou e moveu os hagiógrafos no processo de composição das Escrituras; e, o que está escrito, do jeito que está escrito é agradável, bom e útil. Porém, o gedeltismo, como eclesiasticismo manifestadamente monocrático e pseudocarismático imposto na ICM-PES, acumulou fortunas, envolveu-se em negócios nebulosos, fez vistas grossas para os donos de balcões de fortuna, mostrou-se ofensivo ao padrão do Novo Testamento para a “igreja de Deus…corpo de Cristo”, negou transparência, ocultou privilegiados e provocou protestos nas redes sociais: FACEBOOK, ORKUT, YAHOO, YOUTUBE e outros.

O gedeltismo conseguiu um feito notável: fazer a ICM-OBRA andar na contramão da História. O que foi publicado neste Estado, especialmente nas matérias de A GAZETA, foi instantaneamente republicado em centenas de blogs e sites aqui e no exterior (em espanhol e inglês, especialmente).

Os formatados e os meias-solas mercenários, encurralados nesse beco sem saída, estão inconformados e raivosos com os que DENUNCIAM os crimes (em tese) dos maus pastores.

Foto da capa

Por estranho que nos pareça, alguns pastores estão boicotando A GAZETA e fazem pilhéria com as siglas MPES, abrindo brechas à instigação do ódio religioso e ao desrespeito da autoridade constituída.

Penso que devemos incentivar as investigações dos órgãos públicos, como de Lei. O esforço deve ser concentrado em defesa das instituições sérias, que se esforçam na apuração das denúncias.

O Site está firme neste propósito desde o início, insistindo em que os indivíduos convidados a prestar esclarecimentos devem fazê-lo prudentemente e com verdade. Todos nós devemos contribuir para uma sociedade cada vez mais justa.

Por oportuno, eu me reporto à Retrospectiva 2012: 780 testemunhos sobre heresias, discriminação, preconceitos e crimes de uma instituição que se diz ser uma igreja cristã:

Retirantes, lembrem-se da mulher de Ló.

Sejam fortes.

CV.

NOTAS.

Desde que não seja para fins comerciais, cópias permitidas indicado o link  http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-arte-dos-maus-pastores-boicote/