A face do Mal! Como acordar de madrugada com a arma de fogo encostada na cabeça. Desmaio da alma e tremer da voz.

Angústias e espantos. Máquina de pânico de dia e à noite sonhos de terror: assim é o poder camaleônico.  O olhar atento nos mostra o PADRÃO: a enganação formata icemitas e destes formatados nascem os obreiros nos moldes da ideologia de OBRA; pouco mais de menos e alguns formatados no rol dos ungidos à espreita de serem levantados à nobre posição de emissários do palácio da rainha desfigurada. (Dia desses foram centenas no carrocel chegou nossa vez.)

Na cega obediência ao eclesiasticismo monárquico pseudocarismático (gedeltismo) mergulham-se homens movidos a meias verdades e paranóias policromáticas. Mulheres e crianças chorando a distância dos maridos presos em reuniões de formatação e angústia dançante de OBRA! OBRA! OBRA!

Não existe amor pelas almas. Não existe piedade nem transparência. Nessa esteira de dores e tormentos centenas, melhor dizendo, milhares de profetadas e revelagens encurralam as ovelhas no beco sem saída. Nos rostos das crianças a ausência dos pais.

O povo está massacrado.

Os mais dolorosos apelos nos chegam.

Os rostos coram de vergonha enquanto Vitória nos comove (hoje, às 09:20):

“preciso desabafar. escrevo este meu relato debaixo de uma angustia q ta me matando. estou morta por dentro. sabado tivemos ceia, o culto muito bem maquiado, eu estava tocando instrumento em total agonia, agonia por nao sentir a presença do senhor agonia, por achar tudo aquilo uma grande mentira, tantas palavras vazias, tantos atos desnecessarios, hinos muito bem cantados, mas so isso, para aparecer p o homem.
entao resolvi olhar para tras e o que vi…. no banco das crianças meus filhos de 9 e 7 anos. atras de mim, minha filha de 14 anos uma adolecente dedicada, pura sem maldade nenhuma, e deitada do meu lado minha filhinha de 6 meses de vida, e no meio do circo, meu marido que e obreiro.
me desesperei, o que faço? como sair deste ninho? eu estou tao cansada de ter brigas interminaveis, por causa da “obra” de ser apedrejada dentro da minha casa; de dormir no quarto das crianças por estar com muito odio do meu marido por ele nao me entender. estou cansada de sentir este vazio no coraçao.
ja ouvi a palavra divorcio por nao entender a “obra” olha mulher se vc cair e se tornar uma “caida” vc vai levar os meninos junto. e deus vai pedir para vc conta da alma das crianças….. ouço isso milhares de vezes.
to perdendo minha fe, estou a beira do ateismo, estou numa sociedade que todos sao icm roxos eestou morta por dentro, a magoa, a solidao a raiva, ja passaram das proporçoes de ser. quero sair mas nao tenho para onde ir sem se perseguida ou perder minha familia de vez.
olha irmaos isto tem sido feito com centenas de familias, quantos lares divididos, vivendo de aparencia como o meu, na igreja tudo lindo, mas em casa um inferno e no meio, os filhos. imagine o que sera de muitos filhos que no futuro odiarao o evangelho por verem seus pais num ringue de luta por causa do mesmo evangelho, diga-se de passagem da icm bem falido e vazio. ja imaginaram quantos jovens no futuro odiarao a biblia pelos mesmos motivos que meus filhos. por causa de lares divididos pela “obra” maravilhosa. espero que deus tenha misericordia da minha casa.”

Vitória

Acabei de ler o seu relato. Centenas de lares estão destruídos nesta ICM-Obra de enganação. Dói no fundo do coração. Os meia-solas cooperam com maldições, profetadas e revelagens.

Amada irmã, ai dentro de seu coração de crente em Jesus ecoou uma palavra de esperança: VITÓRIA!!! E assim V. se apresentou aqui. Determine a destruição desses poderes que querem dividir sua casa. Fale isso BEM ALTO.

Em nome de Jesus digo: NENHUMA MALDIÇÃO ALCANÇARÁ SUA FAMÍLIA.

Esses pequeninos que estão sob seus cuidados, antes de tudo, já estão sob os cuidados do Pai Celestial e o Espírito de Cristo Jesus os apacentará, como o bom pastor que dá a vida pelas ovelhas.

Haja paz em sua casa. Perdoe o seu marido. Ele não consegue entender que um espírito de obstinação tomou conta da liderança de ICM e aqueles que obedecem às ordens do chefe religioso estão cegos e empanzinados de pão bolorento.

O meu olhar para a “igreja de Deus…corpo de Cristo” deixei escrito em artigo. 

O olhar caolho do construtor de heresias engana e instiga o mal.

Portanto, esta é a ATITUDE neste caso: DETERMINE O LIVRAMENTO! Sim! Exatamente isto. O livramento vem!

CV.

Percebendo que a angústia de Vitória promoveria o acelerar de orações e respostas, resolvi reunir este material em um artigo, na seqüência das postagens que foram chegando.

Sei que o PROTESTO de Vitória não foi em vão e não ficará esquecido entre as mais de 4.000 postagens no acerto deste SITE.