nature_115 - farol no abismo

 

“Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, paraque vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.”

Certos chefes eclesiásticos incorrem em condenação por dominarem o rebanho de Deus como se a ressurreição de Jesus, o Filho de Deus, não fosse o bastante para demonstrar:

  1. a graça imerecida (aqui incluído o ardente batismo com o Espírito de Cristo Jesus e a comunicação de dons espirituais e ministérios à “igreja de Deus…corpo de Cristo” ¹ e oferecida desde o Pentecostes;
  2. a infalibilidade e inerrância das Escrituras Sagradas;
  3. a garantia de livramento da “ira [de Deus] vindoura” e,
  4. o furioso, e isento, e “justo juízo de Deus” que se aproxima.

Como está escrito (Gl. 5.1; Tg. 1.25):

“Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.
Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar.”

Deste modo, se alguém SE ACHA LIVRE precisa conhecer os fundamentos da “fé em Cristo Jesus” (Gl. 2.16; 3.26) e colocá-los em prática, a fim de exaltar a Cristo com boas obras que demonstrem o novo nascimento e o comprometimento dele decorrente. Nestes contornos, declaro que…

SOU LIVRE:

Livre para adorar a Deus e servir aos meus irmãos em amor, fazendo o que é agradável a Deus. Sempre!

Livre para amar os inimigos, oferecer a outra face e orar por eles.

Livre para andar em “novidade de vida” (Rm. 6.4) e na “constância de Cristo” (2 Ts. 3.5), como parte da esperança do crente em Jesus.

Livre para aprender com os erros próprios (e abandoná-los) e/ou os de meus irmãos.

Livre para arrecadar ofertas em determinada congregação cristã de uma cidade a fim de assistir aos irmãos pobres de outra cidade.

Livre para combinar com minha esposa o dia em que posso estar diante de Deus em jejum pelos doentes, fracos na fé e oprimidos pelo Diabo (a fim de que eu seja fortalecido em espírito); porquanto, se não sei estar na Presença do Altíssimo, nada tenho para dizer aos outros.

Livre para continuar no Santo dos Santos depositando a minha confiança e esperança, sabendo que o SENHOR me livrará em cada tribulação.

Livre para creditar em Deus a minha salvação eterna, porquanto Ele me amou antes que eu O conhecesse; e deste modo escreveu o meu nome e no Livro da Vida.

Livre para crer, que Deus restituirá aquilo que lhe foi tirado por dono de igreja ou por falsos irmãos.

Livre para desejar, que você compreenda a minha liberdade em Cristo, apesar de que não estou obrigado a dar explicações.

Livre para determinar a cura dos enfermos, seja com imposição de mãos, ou com óleo, ou à distância… que importa?

Livre para dizer: sou cidadão de duas pátrias: brasileiro, segundo a carne mas cidadão dos Céus pela nova filiação e redenção em Cristo. E não foi em vão o que Ele em mim depositou.

Livre para ensinar, segundo a Escritura (Tt. 3.15): “…como se deve proceder na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade.”

Livre para examinar as Escrituras, a fim de alcançar a compreensão do agir de Deus e do caráter de Deus na grandeza de Sua Justiça, Santidade e Transcendência.

Livre para discernir e exercer dons sobrenaturais, segundo a capacitação do Espírito e na medida da fé que Deus repartiu ao que crê (exerce fé) e continua crendo (exercendo fé) em Cristo Jesus.

Livre para experimentar a ação do Espírito de Deus, poderosa e suficiente, para alcançar a compreensão de coisas que jamais compreenderia; e me fazer ver o que nunca pensava ver.

Livre para expressar minha gratidão dizendo: Obrigado, Jesus!

Livre para expulsar demônios no momento em que qualquer um deles pular na minha frente.

Livre para exultar de júbilo diante das vitórias que Ele promete e realiza.

Livre para ganhar perdendo e perder ganhando por amor ao Reino de Deus.

Livre até para interromper uma agradável conversa com amigos e irmãos em Cristo, a fim de atender à íntima convocação do SENHOR e estar imediatamente a sós com Ele. E eu sei como isto funciona…

Livre para lembrar ao leitor que o pecado não pode REINAR na vida dos crentes, como está escrito (Rm. 8.6-9):

“Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz.
Por isso, o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar.
Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.
Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós.
E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.”

Livre para nada temer, a não ser, Aquele que tem o poder de tirar a vida e lançar a alma no inferno.

Livre para não depender de filosofia da religião e de qualquer escatologia barata inventada por quem quer aparecer como escatologista e ofende a Tri-Unidade da Divindade.

Livre para passar a noite em oração na minha casa ou em um monte, pertoou longe, desde que para isto o Espírito Santo me guie, separe e sustente.

Livre para pedir perdão a quem eu devo alguma coisa, ainda que não tenha consciência de tal dívida.

Livre para ouvir a Voz do SENHOR desde o Seu Bendito Trono.

Livre para ser conhecido de anjos de Deus e demônios na dimensão espiritual.

Livre para triunfar sobre poderes e potestades satânicas, segundo o espírito de fortalecimento e poder que nos supre em cada batalha; pois em todas estas coisas somos mais que vencedores.

Livre para NÃO DEPENDER de doutrina revelada ², de ideologia (filosofia) de Obra, ou de mentalidade de Obra; porquanto não absorvi a ideologia de Obra que impede o exercicio da fé em Cristo Jesus e transforma o icemita em escravo do maranatismo monarquico pseudocarismático.

Livre para viver em ressurreição.

Conclusão

 De nada adiante querer atropelar o plano estabelecido por Deus.

No arrependimento e retorno às Escrituras Sagradas está o lavar diário dos pés e o livramento de cegos, desanimados, doentes, fracos na fé, ofendidos, perseguidos…

No entanto, reconheço que cada um deve andar na luz que tem. Por isto mesmo, sou livre para invocar o Nome do SENHOR e abençoar os meus irmãos, dizendo:

“O SENHOR te abençoe e te guarde;

o SENHOR faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;

o SENHOR sobre ti levante o rosto e te dê a paz.”

………….
Artigo atualizado em 08.08.2011
Referências: 
  1. Frases e textos em itálico e com aspas são da RA-SBB.
  2. A ICM-PES afirma ser detentora de doutrina revelada.